Dicas para iogurtes caseiros

Aqui vos deixo as minhas  dicas, para quem se aventura nos iogurtes pela 1ª vez ;-)

Muitos são os poupadinhos que se queixam de terem feito iogurtes caseiros e a coisa não ter corrido propriamente bem! Algumas delas aprendi no blog No soup for you  quando comecei na aventura dos iogurtes caseiros.

Ora então leiam com atenção:

– No processo de fermentação dos iogurtes a temperatura é um factor fundamental. Se a mistura estiver demasiado quente, os microorganismos morrem e não se reproduzem, se estiver baixa, poderá não ser suficiente para que eles se reproduzam. 50ºC é a temperatura ideal para a fermentação decorrer nas melhores condições.

– Pode ser usado leite magro, meio gordo ou gordo, à temperatura ambiente. Caso queira os iogurtes bem consistentes, se usar leite magro é conveniente deixar que fermentem mais 2 horas.

– O leite em pó contribui para que os iogurtes fiquem com uma boa consistência, mas se usado em excesso altera o sabor.

– Utilizo sempre um iogurte natural de marca branca, com a máxima validade disponível, mas pode-se usar 1 iogurte com aromas ou ainda um caseiro dos últimos feitos.

– Para fazer iogurtes com fruta fresca, esta deverá ser sempre pasteurizada, devendo para tal fervê-la com açúcar e deixar arrefecer antes de juntar o leite. Se não o fizer, muito provavelmente os iogurtes ficarão talhados. No entanto, há frutas cujas enzimas dificultam a fermentação (frutos  vermelhos, ananás natural, por ex), aumentando a probabilidade dos iogurtes talharem, mesmo que sejam previamente cozidas. Nestes casos, se fizerem iogurtes naturais mas querem sabor, distribuam compota do sabor que desejam por cada um dos copinhos e vertam por cima a mistura de iogurte natural para fermentar. Assim resulta sempre.

– Se não tiverem iogurteira, distribuam a mistura por copinhos com tampa. Embrulhe-os numa manta polar e deixe-os a fermentar durante 10 a 12h no forno já desligado, previamente aquecido a 50ºC. No entanto, hoje em dia só não tem uma iogurteira quem não quer, comprei esta para a minha avó e ela está a adorar os iogurtes e a poupança que está a fazer.

– Se for feito na Bimby, podem fermentar e embrulhar o próprio copo na manta e só distribuir nos copinhos depois de fermentados. (na Bimby nova não precisam de manta, ela fermenta sozinha, é TOP).

Espero que as dicas ajudem. 😉

Boa Sorte

 

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *