Café e os seus benefícios à saúde



Café e os seus benefícios à saúde.

Para algumas pessoas, o café merece o seu próprio grupo na roda dos alimentos. Mas poderá o café ser mais do que uma simples maneira de acordar de manhã?

Já deve ter visto inúmeras notícias e artigos a alertar sobre os riscos do café à saúde. Mas agora que a ciência amadureceu, o café tornou-se uma das histórias de saúde mais surpreendentemente positivas dos últimos anos. 

O café é a segunda bebida mais popular do mundo depois do chá. Em todo o planeta, estima-se que mais de 2,2 bilhões de chávenas de café são bebidas todos os dias.

Então, o que está em sua bebida diária? O café contém vários nutrientes úteis, incluindo riboflavina, niacina, magnésio, potássio e vários antioxidantes, bem como vários outros produtos químicos vegetais naturais. 

Cafeína e o seu cérebro
A cafeína é a substância psicoativa mais consumida no mundo.

A cafeína é um estimulante. No seu cérebro, ele bloqueia a função de um neurotransmissor inibitório chamado adenosina. Ao bloquear a adenosina, a cafeína aumenta a atividade no cérebro e libera outros neurotransmissores como a norepinefrina e a dopamina. Isso reduz o cansaço e faz com que se sinta mais alerto. Isso tudo significa que a cafeína pode levar a um aumento de curto prazo na função cerebral, melhorando o humor, o tempo de reação, a vigilância e a função cognitiva geral. 

Café e a sua saúde
Os benefícios potenciais do café para a saúde foram descritos numa importante revisão científica publicada em 2016.

A revisão analisou mais de 1.200 estudos individuais em que o café foi estudado em relação a quaisquer efeitos positivos ou negativos para a saúde. Os maiores incluíram cancro, doenças cardíacas, diabetes tipo 2, doenças hepáticas, distúrbios neurológicos e longevidade e cada um foi separado para ver o que a pesquisa dizia.

E depois de toda essa análise qual foi a conclusão do estudo? Os benefícios para a saúde do consumo moderado de café superaram o risco para a maioria das doenças analisadas. Uma definição de moderado aqui foi considerada entre 3 a 4 chávenas por dia.

A cafeína aumenta o desempenho desportivo
Há boas evidências de que o uso de cafeína melhora a capacidade de resistência, como o tempo de exercício até a fadiga e atividades de contra-relógio baseadas em resistência de duração variável. E este benefício de resistência é visto em ciclismo, corrida, remo e muitos outros desportos. Uma estimativa iguala seu benefício ao aumento do tempo até a exaustão em cerca de 3%. No mundo do desporto de elite, este é um grande benefício.

A cafeína é um estimulante que provoca muitos efeitos fisiológicos e psicológicos no corpo. A cafeína pode melhorar a vigilância e o estado de alerta durante o exercício. 

Existem também efeitos neurotransmissores e aumentos na liberação de endorfina, que podem aumentar a sensação de bem-estar e dar a sensação de “euforia” que as pessoas costumam sentir depois de se exercitar.

Riscos de saúde
Mas nem tudo são boas notícias quando se trata de café. Existe o risco de aumento da frequência cardíaca, ansiedade e superexcitação, distúrbios do sono e distúrbios gastrointestinais se beber muito ou se for sensível ao café. Portanto, se é sensível à cafeína e tende a ficar superestimulado, evite o café.

A cafeína também pode aumentar a pressão arterial e esse aumento parece ser mais forte nas pessoas com tendência à hipertensão e que normalmente não bebem muito café. 

Portando, para os consumidores regulares de café, sem problemas de saúde agravantes, há pouco para se preocupar. Tudo em moderação, é o que eu digo!

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *