Viagem a Barcelona – Dicas

Viagem a Barcelona.

Fui fazendo vários vídeos no meu INSTAGRAM durante a minha viagem a Barcelona, e pediram-me imenso para escrever um artigo com algumas dicas sobre:

  • Organização da viagem (voos, hotel, transporte do aeroporto, etc)
  • Locais de interesse a visitar
  • Cuidados a ter

Antes de mais, dizer que no próprio do Instagram podem encontrar no Feed um
destaque totalmente dedicado às publicações em e sobre Barcelona e portanto,
nada está perdido, ainda chegam a tempo.

Contudo, sabemos que a escrita continua a ter um papel fundamental, sobretudo para quem gosta de fazer apontamentos calmamente…
Vamos a isto?

A organização da viagem foi meticulosa para conseguir o melhor preço e aproveitar ao máximo!
Cansativa, não nego, mas valeu a pena cada decisão.

Não conseguimos voo para sair na 2ª feira, mas conseguimos um voo na madrugada de 3ª, o que nos fez chegar a Barcelona às 8h00 e pagar menos essa noite de hotel.

A companhia aérea foi a Vueling, e esta ainda permite levar bagagem de mão sem pagar, por isso já vale a pena.
Como vivo no Algarve, muitas viagens faço com saída de Sevilha, é mais perto do
que Lisboa, não pago portagens, o combustível é muito mais barato  e acabo por
fazer voos domésticos (dentro do mesmo país), que podem eventualmente sair
muito mais baratos também.

Não levámos transfer comprado, nem tínhamos nada preparado, quando chegamos ao terminal foi muito fácil perceber que era só apanhar o autocarro azul, 5,90€ e estamos no centro da cidade.

Assim sendo, às 10h já estávamos no hotel com o check-in feito (tivemos sorte, as
entradas são só às 14h, mas o quarto estava vago e limpo, então acomodado-nos
de imediato), e tínhamos, portanto, todo um dia pela frente.

Este foi o nosso primeiro dia, saímos mal chegamos, foi mesmo só deixar as malas e só regressamos às 22h30.

O hotel escolhido, foi o Santa Marta em Barceloneta, 2 estrelas!
Vou explicar a minha forma de escolher hotéis quando a viagem é numa grande cidade!
Obviamente a ideia é conhecer a cidade e usufruir ao máximo, portanto eu
prefiro sempre escolher um hotel bem básico e barato, do que estar
preocupada em ficar num hotel mega!

Na verdade, em viagens destas os hotéis só me servem para dormir e tomar o
pequeno-almoço, por isso os únicos requisitos para mim são a limpeza e a
comodidade.

Fica bem perto das Ramblas e a saída de metro de Barceloneta, está a pouco
mais de 100 metros do hotel!

Foi uma escolha perfeita e eu não a mudaria por nada. 

O que vimos neste primeiro dia:

  • Plaza Espanya
  • Ramblas
  • La Boqueria
  • Plaza Catalúnia
  • Paseo de Grácia
  • Casa Batló
  • A cara de Barcelona
  • Barceloneta
  • Catedral de Barcelona
  • Bairro Gótico
  • Plaza d´el Rei
  • Museu de história

Levava uma bucket list dos sítios a visitar em Barcelona, e valeu a pena, vou
deixá-la aqui caso também achem interessante, há um par de sítios que vale a
pena e esta lista não contém, e outros que eu dispensaria.

Deste primeiro dia, o único sítio que eu não faria questão de visitar era “A cara de Barcelona” de resto, considero qualquer um dos outros imperdíveis, portanto coloquem-nos na vossa lista de locais obrigatórios!

Fiquei apaixonada pelo Bairro Gótico, por Ramblas (para compras e passear) e La Boqueria (excelente sítio para experimentar várias iguarias típicas e internacionais, e também muito bonito em termos e organização e cores, uma verdadeira exposição gastronómica que não podem perder).

Levávamos muitas indicações de bons restaurantes e neste dia almoçamos na Boqueria, no Bar Central (maravilhoso), paramos em vários locais ao longo da tarde para os tentadores crepes, waffles, gelados, donuts, espetadas de fruta com chocolate, etc, e jantamos numa ruela do Bairro Gótico, num pequeno restaurante, baratíssimo, super giro e com as pastas mais deliciosas.
De nome Macchina Pasta Bar, super aconselho.

Neste dia adoramos também a Plaza Catalunya e a Catedral.

Perto das 22h30 já estávamos no hotel, e contabilizamos 16 km de caminhada.

No 2º dia, tínhamos nos nossos planos:
  • La Pedrera (ou Casa Milá)
  • Museu de Art
  • Sagrada Família
  • Parque Guell
  • Compras em Ramblas

Desta lista, tudo vale a pena!
Para a Sagrada família (visita obrigatória) comprem as entradas com antecedência (nós compramos online, 32€ por adulto) e comprem por favor com guia em áudio incluído, porque efetivamente é das coisas mais maravilhosas que podem visitar, mas conhecer toda a história terá todo um encanto bem mais especial, não se esqueçam, visita com áudio para compreenderem cada pormenor estético e emocional de toda a construção, é lindo demais.
Sei que muitas pessoas não sobem na Sagrada Família, mas eu subi e a vista sobre a cidade é linda, portanto é mais uma coisa que aconselho.

Quanto ao Parque Guell, as opiniões divergem !
Eu adorei, e fui aconselhada por muitos amigos e seguidores a lá ir, mas já conheci posteriormente pessoas que não se encantaram, por isso deixo ao vosso critério!

A entrada também tem de ser comprada com antecedência (10€ por adulto), e no dia da visita basta que saiam na estação de Metro que terão incluído no bilhete um autocarro que vos leva ao topo da cidade (onde fica o Parque Guell) e que depois também vos traz.
Adorei a arquitectura, a paz do espaço, a sua história, e aquela vista lindíssima sobre a cidade de Barcelona.
Vale a pena entrar na casa que é possível visitar (a outra é uma loja).

Neste dia, caminhamos novamente 16 km (apesar de termos andado muito de transportes, só o fazíamos quando realmente era necessário, é que a cidade é tão linda que é uma pena não registar tudo e não querer passar por tu a pé, até porque é caminhando que vamos passando também por locais que se tornam verdadeiras surpresas.

Nesta noite jantamos no restaurante Parking Pizza, um lugar fantástico e muito diferente do habitual.
Na verdade esta pizzaria é num parque de estacionamento (uma antiga garagem) e a decoração está fabulosa.
Quanto à comida…bem passem no meu Instagram e vejam, honestamente foram das melhores pizzas que já comi na vida.

Nessa noite fomos ao Himmalaya, local perfeito para um pézinho de dança e passamos pelo bar Macera Taller Bar. Este bar é brutal, todas as bebidas são maceradas por eles e cada cocktail é delicioso e feito com o que vocês mais gostam.
Fazem-vos umas perguntas e servem-vos depois o cocktail.
As paredes estão cheia de beijos de batom vermelho de quem já passou por lá, por isso, já sabem, levem o vosso na mala 🙂

No 3o dia tivemos o regresso, mas como o voo só saía às 22h50 foi o mesmo que ter mais um dia inteiro de passeio.

O nosso hotel guardou-nos as malas na sala de bagagem e foi um dia igual aos outros em termos de passeio.
Se for o caso do hotel onde ficarem não permitir guardar as malas, há na Plaza Catalunya uns cacifos que podem alugar e deixá-las o dia inteiro.

Ora e em dois dias fizemos a pé 32 km, por isso para o 3º dia, seguimos a dica de muitas pessoas e apanhamos aqueles autocarros turísticos para chegarmos aos sítios mais longínquos e conseguirmos, desta forma, picar a nossa bucket list ao máximo! 

Portanto, neste 3º dia visitamos:
– Castelo de Montjuic e o elevador Montjuic 
– Fundação Joan Miró 
– Museu de arte contemporânea
– Poble Espanyol
– Camp Nou
-Port Vell
– La Ribera
– Palau de la Música Catalana
– Arc do Triumph 

Daqui não podem perder o elevador Montjuic e a vista panorâmica maravilhosa, o Poble Espanyol é uma aldeia muito bonita que vale a pena conhecer.
O Palau de la Música Catalana também é muito interessante, e gostei imenso de ver o Arc do Triumph.
Port Vell e La Ribera também é giro, mas para uma algarvia não é nada de outro mundo.
Para os fãs de futebol o Camp Nou é uma perdição que também pode valer a pena.

E assim terminou a nossa visita, e com sensação de dever cumprido!
Neste dia almoçamos no Flax & Kale, incrível, comida deliciosa e healthy, mas em super bom! 

Depois foi levantar as malas no hotel, apanhar o Metro de Barceloneta para Plaza de Espanya, e aí sem nada marcado, foi só esperar pelo autocarro azul que nos levou ao aeroporto. 
Se não me falha a memória há sempre autocarros desses a passar de meia em meia hora, julgo que é isso.

E agora que já falei do bem bom, falta ir aos alertas, que são muito importantes e peço-vos que realmente os registem:

NOTAS IMPORTANTES:
– Alerta assaltos
Não há violência, mas há sim muito chico-espertismo e carteiristas!
Se forem pré-avisados e estiverem sempre atentos, nada vos acontece, agora por favor, não pousem as vossas carteiras em lugar algum, nem sequer pendurem a vossa mala na cadeira de um restaurante, como tranquilamente fazemos no nosso Portugal.

Tentaram assaltar-nos 3 vezes, mas como íamos muito bem avisadas e atentas, conseguimos sempre melindrar ou fugir dos assaltantes.

A primeira tentativa decorreu, no metro (onde mais frequentemente atacam), dentro do metro mesmo, e se não nos tivessem avisado tanto, tenho certeza que tinha ficado sem mala ou sem telemóvel, no mínimo.

A segunda decorreu num bairro quando nos afastamos um pouco da parte turística e estivemos numa zona mais residencial!
Conseguimos fugir, e metemos conversa com os locais e o ladrão fugiu, mas ainda nos insultou por termos fugido. (isto pode parecer algo assustador, mas juro que não foi, é o que digo, estando avisados é muito fácil perceber as intenções de quem se aproxima, só precisam mesmo de estar atentos).

A terceira foi na saída do metro, mas mais uma vez conseguimos perceber o que se passava!
Nestas alturas, o que devem fazer é segurar as vossas malas e tudo o que tiverem de forma que se torne difícil para o ladrão, eles não arriscam com quem está prevenido, eles assaltam é quem vai super descontraído, sem qualquer preocupação.

– Andar de metro
Se decidirem que o vosso transporte em Barcelona será o metro, comprem o T-10, são 10 viagens que podem usar entre várias pessoas ao mesmo tempo.
Os bilhetes individuais (single trip) custam o dobro do T-10.
Se acham que vão fazer mais do que 10 viagens, aí já convém fazer contas, pode compensar o Passe.

Espero que tenham gostado deste “roteiro”, e que vos ajude na organização da vossa viagem.

Não se esqueçam portanto de passar pelo meu Instagram para verem todas as fotos e vídeos durante a minha viagem, deixo-vos aqui uma amostra:

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *