Proteção Solar alerta necessário

Com o aumento da temperatura e o início da época balnear é necessário falar sobre a proteção solar.

O sol é o responsável pela síntese cutânea de vitamina D. Esta vitamina favorece o crescimento e permite a fixação de cálcio nos nossos ossos e dentes.

É também o sol que afeta, de um modo benéfico, o estado de espírito. Contudo, devido à diminuição da camada de ozono e a intensidade dos raios ultravioletas, a exposição solar deve ser controlada.

A exposição solar contribui para a formação de radicais livres, que são moléculas que podem danificar células saudáveis do nosso corpo.O excesso de sol pode romper as fibras elásticas da pele e alterar o colagénio. Estas ações provocam as seguintes consequências: formação de rugas, flacidez, manchas e envelhecimento precoce da pele.

Existem 3 tipos de raios solares que afetam a nossa pele. Eles são:

1 – Raios Infravermelhos: Estes raios atingem profundamente a derme (a camada mais importante da pele). A exposição destes raios faz com que a pele adopte, de imediato, uma coloração vermelha (= eritema solar) e potencia os efeitos prejudiciais dos raios UV.

2 – Raios Ultravioletas (UV): A radiação UVA é constante durante o ano e penetra na pele, sendo a principal causadora do fotoenvelhecimento (manchas e rugas) e alergia cutânea. Estes raios são também responsáveis pela pigmentação da pele, provocando o bronzeado. A outra radiação ultravioleta é a UVB. Os raios UVB aumentam durante o verão e estimula a produção da Vitamina D. Ambos estes raios favorecem a predisposição para o cancro da pele.

3 –  Raios Visíveis: Estes raios são basicamente a luz visível. São estes os raios que têm um efeito antidepressivo no organismo humano.

Para uma proteção solar eficaz é necessário sabermos o nosso fototipo, isto é, a caracterização da nossa pele quanto à coloração e reação da mesma quando exposta ao sol. Todos os fototipos têm que ser protegidos da exposição solar, sendo os grupos de maior risco as peles com fototipo I e II. 

Aqui vos coloco a tabela dos diferentes fototipos:

Tabela Fototipos

E agora que vos falei um pouco sobre o que prejudica a nossa pele, quero falar sobre protegê-la pois, como já referi, todos os fototipos têm que ser protegidos da exposição solar.

Para nos protegermos do sol, usando protetores solares, é preciso entender os tipos de filtros que os mesmos têm, como também o que quer dizer FPS que vemos nas embalagens. 

Relativamente aos filtros, existem dois tipos: Os Físicos e os Químicos. Os primeiros contêm substâncias minerais (óxido de zinco e dióxido de titânio) que formam uma barreira que reflete a radiação solar. Estas substâncias não são absorvidas pela pele e não provocam alergias.Os protetores com estes filtros são mais usados em bebés e crianças pequenas, como também em peles sensíveis e intolerantes.

Os segundos filtros contêm substâncias que são absorvidas pela pele e interagem com a radiação ultravioleta. Podem provocar reações alérgicas visto serem absorvidas.  

Os diferentes filtros

Quanto ao FPS (Fator de Proteção Solar), é obrigatório as embalagens de proteção solar indicarem a mesma. Isto irá ajudar o consumidor a escolher o mais indicado para a sua pele e exposição solar. Os FPS protegem a pele apenas dos raios UVB, e, como é óbvio, a pele está mais protegida quanto maior for o fator de proteção.

Um exemplo de como os FPS funcionam é o seguinte: A pele leva um determinado tempo para ficar vermelha. Quando aplicado um filtro solar com FPS20 a mesma leva então 20 vezes mais tempo para ficar vermelha. É por isto que é necessário também reaplicar a proteção durante a exposição solar.  A seguinte tabela indica qual é o FPS mais indicado para cada fototipo:  

Para finalizar este tema, hoje em dia, com tantas pessoas com alergias e problemas de pele, é necessário ter em conta também os protetores com PPD (Persistent Pigment Darkening). O PPD mede o bronzeamento que a pele sofre após a exposição ao raio UVA. Estes filtros, ao contrário dos FPS, nem sempre vêm indicados nas embalagens. Quando aparece, o PPD é feita através de um sinal de mais (+),ou seja, UVA+, UVA++, UVA+++. Quanto mais sinais (+) tiver, maior a proteção. 

Para poupar a vossa pele, protejam-se, é importante mesmo no dia-a-dia. Atualmente existem vários tipos de protetores solares para todos os gostos e tonalidades de pele. 

Para mais informações sobre este tema, falem com o vosso médico e/ou farmacêutico.

Se gostaram deste artigo, também vão gostar deste.

Relacionados

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *