Picadas de Insetos no calor

Com o reaparecimento do sol e do calor, ficamos todos mais suscetíveis a picadas de insetos.

Por norma as picadas de insetos causam apenas irritação local no sítio da lesão.
Contudo, em casos mais graves, quando as pessoas são alérgicas, podem desenvolver uma reação anafilática.
O tipo de picada e a forma como se apresenta vai depender do inseto que o provocou.

Aqui vos deixo algumas informações sobre as diferentes picadas de insetos, os seus autores e alguns procedimentos a tomarem se forem picados.

Melgas

– São pequenos insetos de cor escura, com asas curtas e ovais;

– Picam sobretudo de noite, provocando uma dor moderada mas aguda;

– Em algumas pessoas podem provocar prurido intenso (comichão), que pode durar alguns dias

Mosquitos
– Encontram-se com facilidade por todo mundo, principalmente em zonas húmidas e quentes;
– A maior parte das picadas são em zonas onde a pele está exposta, mas também conseguem picar através de roupa fina;
– As picadas causam inflamação local moderada, edema (inchaço), rubor e prurido
picadas de insetosPara tratarem destes dois tipos de picadas devem aplicar antissético e agentes calmantes para alívio do prurido.
Podem também aplicar gelo, pois este ajuda a aliviar a dor e reduz a comichão.
Por fim podem recorrer a um anti-histamínico oral ou atópico (atenção para quem tem tensão alta, pois a toma de anti-histamínicos oral não é aconselhável. Devem falar com um profissional antes de tomar).

Picadas de insetos: Pulgas

– São parasitas que se alimentam de sangue;

– Por norma as picadas são em grande número e agrupadas;

– As lesões apresentam-se com uma zona com eritema à volta de um centro hemorrágico e muito prurido

Para tratamento, podem recorrer a um analgésico para a dor (como o paracetamol) e utilizar um antissético e/ou anti-histamínico.

Abelhas e Vespas

– Estas atacam quando se sentem ameaçadas;

– A picada da abelha é formada por uma pápula branca rodeada por uma zona avermelhada, formando-se posteriormente edema;

– As picadas de vespas dão origem a uma dor intensa, edema e inflamação local;

– A maioria das pessoas sente dor, comichão e irritação no local da picada; enquanto que outras têm reações mais intensas como urticaria, prurido, inchaço e sensação de queimadura.

Quem for picado e tiver alergia, deve ir de imediato ao médico.

As precauções são diferentes para o tratamento de cada uma destas picadas.
Para a picada de vespas, não têm necessidade de retirar o ferrão e devem utilizar um analgésico oral e/ou anti-histamínico.

Relativamente às picadas de abelhas, a primeira coisa que devem fazer é retirar o ferrão (com uma pinça, por exemplo, pois deve ser mais fácil).
Feito isto, não devem apertar o local da picada, arranhar ou esfregá-lo.
Podem aplicar gelo para ajudar na dor e reduzir o edema e utilizar um antissético e/ou anti-histamínico.

Carraças

– As picadas podem causar edema, hemorragia e/ou dor;

– As picadas são mais comuns no couro cabeludo, cintura, axilas, pescoço, virilhas, e pés;

– Se ficarem, com febre, erupção cutânea, dores musculares/cabeça/nas articulações e dificuldade em movimentarem-se, devem ir de imediato ao médico.

Para tratarem deste tipo de picadas devem aplicar vaselina no parasita e depois retirá-lo com uma pinça (ter a certeza que a cabeça saiu toda).
Depois deste passo, o melhor será lavar o local com água e sabão e depois colocar um antissético.

Em relação à prevenção para não serem o prato principal destes insetos, podem optar pelas seguintes opções:

picadas de insetos

– Usarem mosqueteiros e/ou difusores elétricos;

– Evitar usar perfumes e desodorizantes fortes;

– Manter as portas e janelas fechadas;

– Usar calças e camisolas compridas e calçado fechado;

– Aplicar repelente na pele ou roupa (atenção aos repelentes com DEET, pois esta substância é forte e não é aconselhável para crianças com idades inferiores de 3 anos).

Se gostou deste artigo, também vai querer ler ESTE.

Para mais informações sobre este tema, falem com o vosso médico e/ou farmacêutico.

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *