Banner-Poupadinhos728x90-V1

Fundo de emergência - Faça o seu!

fundoemergenciaQuando as contas surpresa aparecem, e parece que sentimos aquele soco no estômago!

A malta sabe que há sempre umas alturas do ano em que levamos umas “talhadas” na conta poupança…e gostaríamos de estar sempre preparados para isso, não é? E por vezes até estamos, mas aparecem mais umas surpresinhas para nos tramarem a vida e fazer-nos apertar o cinto até cair o próximo ordenado! Este mês de Setembro vai ser assim, eu já sabia, mas veio um bónus daqueles que parece que nos deixa KO!

Em Setembro é tempo de revisão do carro, seguro  e imposto de selo! Já para não falar no início do ano letivo, sempre cheio de materiais, as mensalidades (o mais velho já está no ensino público mas o bebé começa agora na creche), mas vou mesmo focar-me no carro e nas surpresas que estes "amores" nos trazem de vez em quando!

Ora queria eu (não queria nada, mas faz de conta), viver numa grande metrópole, onde os transportes públicos abundam e nem sequer precisamos ter carta de condução, mas no Algarve isso é completamente impossível, é uma tristeza o serviço de transportes que temos, e acredito que passem pelo mesmo se viverem numa zona como esta! Vai daí, e se quisermos movimentarmo-nos de uma forma minimamente normal, não tem como abdicar do carrito! E infelizmente, também não há como adiar a troca de pneus quase carecas! É verdade, para além de tudo ainda surgiu este miminho, 440€ além do que tínhamos separado para as despesas que já esperávamos! Não é brincadeira, mais de 1000€ só para o carro no espaço de um mês, dói, principalmente quando quase metade do valor não era de esperar! Mas ok, somos poupadinhos e temos que estar prevenidos, certo? Como o fazer, é o que vou deixar aqui em jeito de pequenas dicas:

1 - Façam um mealheiro, todos os dias coloquem 1€ ou 0,50€ (aquilo que puderem), nestas alturas abram a latinha, porquinho, Topo Gigio, o que for,  é sempre uma boa ajuda;

2 - Não gastem o que sobra depois de terem as contas pagas no final do mês! Sim, tenho amigos que vão até ao zero, ficam com cêntimos na conta! É o seguinte, se naquele mês a coisa correu menos bem e só vos sobrou 50€, vamos acalmar e preferir não gastá-los num jantar fora ou numas calças novas, ok?

3 - Para quem conseguir fazê-lo tentem criar um “pé de meia”, é para isso que poupo tanto, bebo café em casa, como em casa, faço bolos em casa, quando vamos para a praia na maioria das vezes levamos “marmita”... é assim não vamos deixar de viver, podemos fazer essas coisas todas, não devem é ser um hábito diário, acreditem,  poupam-se centenas;

4 - Vejam todas as vossas despesas e eliminem as desnecessárias, vão ficar surpreendidos! Guardem em género de poupança essas despesas que agora já não têm, em alguma altura servirão, nem que seja para uma escapadela;

5 – Abandone alguns vícios, fumar por exemplo, e coloque o valor que costuma gastar diariamente num mealheiro, vai ajudar em alturas de emergência.

Se a emergência nunca chegar a aparecer durante aquele ano, aproveite e vá viajar, compre algo que sempre quis, vá aos seus concertos favoritos, renove o guarda-roupa, faça uma pequena remodelação em casa, ou junte tudo, um ano e outro ano, ter umas poupanças nunca é demais, e algum dia vão precisar com toda a certeza! Mais algumas dicas por aí?

NOTA: Se ainda pagam muito de seguro não hesitem em fazer AQUI  a vossa simulação, nós estamos a poupar 250€ por ano comparativamente à companhia de seguros que utilizávamos anteriormente.