eFatura IRS 2018 – IMPORTANTE

2018 já chegou, e convém reforçar esta questão!

Não é a primeira vez que falo sobre isto, aliás, insisti ao longo do ano com este assunto.

Por isso espero que tenham pedido muitas faturas e em tudo (até atingirem o máximo, a partir daí já não vale a pena) quanto compraram/consumiram durante 2017.
Sim, porque já sabem que agora tudo conta!
Não é só saúde e o habitual, isso acabou!
Agora entra o café, o bolo, o corte de cabelo, o hotel, o arranjo do carro, supermercado, veterinário, etc.

Razão pela qual alerto para que comecem desde já a pedir as vossas faturas neste novo ano 2018, sempre é mais esse que vão buscar.

Este ano não me saí nada mal, é um hábito, verdade, ainda me esqueci de pedir algumas faturas que podiam ter acrescentado mais uns trocos no meu reembolso.
Mas lá me fui acostumando e da exceção fiz a regra, a meio do ano já não me falhava nenhuma.

Passem palavra, não percam mais dinheiro.

Espero também que 2016 e 2017 tenha servido de lição e já todos tenham as passwords para todo o vosso agregado familiar (crianças/bebés incluídas)!

Para me orientar melhor eu uso a APP e-fatura (imagem) para ir organizando todas as pendências e ver se todas as faturas estão carregadas e nos campos corretos!

O certo, é que se não fizerem isto, há famílias que podem perder muito dinheiro.

Eu cá já comecei a organizar tudo, e aconselho vivamente a fazerem o mesmo!

Uma pergunta que é constante da parte dos seguidores é se precisam guardar as faturas em papel!
Não, assim que entram no sistema, podem jogar fora.
No entanto, eu guardo as faturas de farmácia que tinham receita, caso os artigos fossem de 23%.

Vejam também os descontos que podem ter no IMI este ano AQUI! Qualquer dúvida, já sabem 😉

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *