Cuidados a ter pós Mamoplastia

Cuidados a ter pós Mamoplastia.

Um dos grandes medos das mulheres em relação à cirurgia de mamoplastia de aumento, é o pós-cirurgico.

Não há nada a temer já que podem fazer a vossa vida normal e honestamente as dores são muito poucas.

Quais os cuidados a ter?

Segundo a Clínica Milénio o segredo é continuar a fazer tudo, só não podem mesmo é carregar pesos durante 3 semanas.

Desde o primeiro dia após a cirurgia, com o devido cuidado, até duche devem tomar.

Eu, que associo imenso o incómodo do pós-operatório (sim é um incómodo, não são dores) à amamentação, não me custou nada e passado 3 dias estava a conduzir para ir com o Isaac ao cinema.
Também já podia fazer caminhadas, só não podia mesmo fazer ginásio devido aos pesos. 

A Clínica Milénio oferece as drenagens linfáticas, e portanto, uma semana após a cirurgia as mesmas devem acontecer.

É aqui que se começa a sentir tudo a voltar ao normal, e é durante este processo que também nos informam que a ideia é a prótese estar solta, portanto é importante este cuidado, massajar bastante bem no sentido do relógio e fazer um género de “deslocação” de um lado para o outro, da prótese.
Com isto dá-se uma cicatrização fácil e evitamos que a prótese fique “presa”.

Todos estes termos e passos, podem parecer estranhos para quem nunca passou pela cirurgia, mas acreditem, é mesmo muito fácil passando por isto e os cuidados mais importantes são os que refiro.

O Dr. Ângelo Rebelo, faz questão de acompanhar de perto os primeiros meses do pós-operatório, e portanto todos os meses há uma vigilância para ver se está tudo dentro do suposto.

Do que oiço falar através de experiência de amigas, o pós-operatório em que a prótese foi colocada por trás do músculo, é bastante doloroso.
O Dr. Ângelo não faz isso, as próteses são em frente ao músculo, e por mais justificações que possam querer dar à prótese por trás do músculo a verdade é que não fazem muito sentido (na minha humilde opinião).

Mama é gordura, e essa gordura natural do corpo humano está por trás do músculo?
Não! Está à frente, logo também uma prótese se coloca à frente!
É simplesmente seguir a ordem natural das coisas.

Isto não invalida outras técnicas nem o sucesso das mesmas, simplesmente não vejo razão para uma mulher sofrer horrores e ficar quase 1 mês sem conduzir (isto dito por algumas pessoas que conheço e passaram por isso) quando se pode evitar e ter exatamente os mesmo resultados.

Razões invocadas por alguns profissionais para colocar a prótese por trás do músculo:
– Fica com uma aparência mais natural (discordo que seja esse o motivo de poder parecer mais natural)
– Se não praticam nenhuma atividade física existe a preferência de colocar por trás
– Em caso de mamografia é mais fácil de fazer e ver algo, se estiver por trás do músculo 
 

Em qualquer um dos casos, imagino que as dicas de recuperação sejam as mesmas.

Sem medos meninas, aconselho vivamente, num instante estão boas, e rotina volta ao normal sem darem por isso.

Passadas 3 semanas podem voltar ao ginásio, normal! Corrida dizem que só às 4 semanas, mas eu comecei a correr às 3 sem problemas.

Escrevi este artigo a pedido de muitas meninas, por isso espero ter ajudado. 

=> Ler também “Dois partos e uma mamoplastia de aumento“.

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *