Como poupar a mesada

Algumas dicas para os mais jovens:
como gerir e poupar a mesada com responsabilidade, porque “de pequenino é que se torce o pepino”.

Por vezes ouvimos jovens estudantes a dizer que compraram algo com o seu dinheiro! E como é que adolescentes têm o seu próprio dinheiro? Exacto, já começaram a poupar. 

Vejam como a mesada pode durar mais ou até mesmo constituir um modo de poupança.

A mesada é uma determinada quantia que é concedida para durar um mês.
Com este valor é suposto o jovem estudante comer na escola, comprar algumas guloseimas, ir ao cinema com os amigos (ou outro programa, cometer pequenas extravagâncias e se possível ainda conseguir colocar algum de parte, e é aqui que está a mais difícil tarefa.

Na verdade, não é nada mais, nada menos, do que faz o trabalhador com o seu ordenado, geri-lo.
Mas esperemos que com o peso da responsabilidade e o pesar dos anos já tenha uma melhor gestão dos seus rendimentos.

Quanto à mesada, aqui ficam algumas dicas diretamente para os mais novos:

8 DICAS PARA POUPAR A MESADA

1. Faz uma tabela onde anotarás todas as tuas despesas, assim no final do mês poderás ver onde é possível cortar, de forma a conseguir poupar um pouco mais.

2. Assim que receberes a mesada coloca de parte uma pequena quantia na qual não tocarás, esta tem pois um fim específico já previamente decidido, poupar para comprar algo, para ir a algum lugar que desejas, ou poupar simplesmente para ter algum dinheiro de parte.

3. Estão na moda as lancheiras, todas as pessoas o fazem e provavelmente o que comerão será bem mais saudável.
Levar refeições de casa, ainda que não seja sempre, representa também uma elevada poupança.

4. Procura não esbanjar a mesada nos melhores restaurantes e nos programas mais caros, escolha restaurantes acessíveis ou a cantina da escola/universidade, e vai ao cinema à 2ª feira.

5. Se realmente queres poupar para algum desejo de consumo, em vez de saires-te todos os fins de semana, pois fá-lo alternadamente.
Divertes-te na mesma, e no final consegues o tão ambicionado presente.

6. Arranja um mealheiro dos que só abrem com abre-latas, se não consegues separar parte da mesada e tens-na toda disponível.
Um bom truque é colocar no mealheiro todos os dias algumas moedas que te sobraram ao final do dia.

7. Se o Natal ou o aniversário estão perto, pede aos familiares dinheiro como presente em vez de algo material, alegando que juntarás os diversos valores para comprar um artigo que desejas há algum tempo, isto já ajudará um pouco a equilibrar as contas.

8. Por fim, frequenta locais adequados à tua carteira, não tentes viver um estilo de vida superior ao que podes.
Aprende a dizer não aos amigos se tiver que ser e não te deixes influenciar.
Em alguns casos o querer agradar pode ser fatal, gastarás boa parte da tua mesada e para além de não conseguires poupar nada poderás afectar as contas da tua família.

Começa por seguir algumas das dicas que consideras mais adequadas para ti, e verás resultados muito prontamente.

Artigo originalmente escrito para a minha crónica no site E-Konomista.pt, em 2014

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *