Bebés que dormem 12 horas (ou mais) – DICAS

Bebés que dormem 12 horas (ou mais)! E eu tenho dois!

Não, não dormem todos! Não, não é automático! E sim demora o seu tempo até se tornar rotina.

Não quero, de longe, que este seja mais um artigo daqueles que deixa as mães a pensarem maravilhas da maternidade e de repente têm um bebé que chora dia e noite e acorda de 10 em 10 minutos!

Não é nada disso! Vou apenas passar algumas das dicas que usei com os meus e funcionaram.
Ter bebés que dormem 12 horas seguidas (ou mais) é um descanso.

Antes de mais, dizer que sim, tive um primeiro filho que até ao 10º dia era um anjo!
O Isaac comia e dormia!
Até que vieram as cólicas! Foram madrugadas aterradoras…durou até fazer 6 semanas, depois de tentar muita coisa, descobri umas gotas milagrosas!
Finalmente pude viver a maravilha que era ser mãe, até lá, podia jurar que ia ensandecer!

Desde aí (exceto fases de crescimento), passo a ter um bebé que dorme 12 horas seguidas.

O Dilan não teve cólicas, foi um come e dorme até às 5 semanas, e eis que me aparece de sonos trocados.

Dormia de dia, ficava acordado das 20h até às 5h da manhã, era desesperante!
Principalmente porque chorava com sono, mas não dormia, só dormia quando o sol nascia.

Eu também já estava tão cansada que cedia…

preferia dormir também eu durante o dia, do que não dormir de todo…

No entanto, sabia que isto tinha de dar uma volta!
E vamos lá começar!
Foram 2 semanas a tentar, tentei tudo, até o que os antigos diziam sobre pô-lo a dormir com a cabeça para os pés da cama, ahahaha, o que faz o desespero!

Consultamos então uma terapeuta do sono, a Dra. Teresa Sousa e foram os 60€ mais bem gastos da minha vida.

Naquela mesma noite o Dilan dormiu das 20h às 4h, acordou para mamar e continuou a dormir até às 9h!
Fez isto para sempre, ou seja, até hoje, com a exceção que a partir dos 6 meses, deixou de acordar para mamar!

Atualmente dorme das 21h00 às 9h00 durante a semana, sem interrupções.
Aos fins de semana, chega a esticar-se e só acorda às 11h, 12h.
O mano mais velho, é igual, nesta casa ir para a praia pela fresca é coisa para esquecer.

E agora as dicas, perguntam vocês?

As dicas vão alterando conforme o crescimento, mas bebés que dormem bem desde cedo, acabam por ser crianças dorminhocas no futuro, inclusive, são bebés que ultrapassam as fases de regressão (picos de crescimento, dentes, etc) com muito menos dificuldade que os restantes.

Por cá as dicas rápidas a implementar em bebés de meses para depois se tornarem crianças dorminhocas são estas (se ainda só amamentam esqueçam o jantar e sigam a amamentação antes da cama):

-Criar rotinas certas que façam o bebé identificar que chegou a hora de dormir.
A criação destas rotinas leva à habituação, por isso são muito importantes
– Ter horas certas para o jantar e para o banho.

– Eu dou jantar primeiro e logo de seguida o banho
(não se preocupem com a digestão o choque térmico é que faz mal e ninguém dá banho de água gelada ou a ferver)

– Depois do banho a rotina tem de ser muito certa e sem exceções (claro que se vão jantar fora nesse dia podem fazer diferente).
– Passo do banho diretamente para o fraldário e sigo estas rotinas à risca:

 1 – Limpar o corpo e cabelo
 2 – Aplicar o hidratante
 3 – Fazer uma massagem na barriguinha
 4 – Pôr a fraldinha
5- Dar beijinhos

– Depois disto vai diretamente para cama.
– Dou o leitinho com o bebé na cama (enquanto amamento isso não é possível claro, então amamentava sempre no mesmo local)
– Todos os processos depois do banho são feitos no quarto e com a luz acesa, para que o bebé identifique e associe tudo à hora de dormir
– Enquanto bebe o leite na cama, já apago a luz.
– Quando termina, tiro o biberão, ponho a chupeta de imediato, dou-lhe o peluche, ligo a música do boneco de corda, digo “I love you” e encosto a porta
– Já não o ouço mais
– Se durante a noite o bebé fizer algum som, a menos que seja choro, não vou logo a correr, fico atenta, mas é normal, podem estar a ter um sonho por exemplo, aparecer de imediato vai parecer-lhes uma consequência do som que fizeram e começam a fazê-lo como hábito.

Daí alguns bebés acordarem de hora a hora, porque sentem que depois têm uma presença, que se calhar até lhes pega ao colo, depois despertam, então brincamos um bocadinho e etc…
Sou apologista de miminhos e muito colinho, sim sou, mas não durante a madrugada, a noite é para dormir, salvo a exceção do bebé estar choroso ou doentinho.
– Estudos mostram que bebés que dormem no quarto deles dormem bem melhor

Atenção que não sou nenhuma especialista nestas coisas, estou a falar da minha experiência enquanto mãe de dois dorminhocos!

Os amigos estão sempre a pedir-me a receita para usarem nos filhos deles!
Todos querem bebés que dormem 12 horas, mas sinceramente também acho tem a ver com a criança.

NOTA: Por favor tentem adaptar as dicas a cada bebé e circunstância.
Nada aqui é linear ou obrigatório, o que funciona para uns bebés, pode não funcionar com outros.

Um bebé muito pequenino provavelmente vai acordar mais vezes durante a noite porque ainda precisa de leite, e isso não pode ser ignorado.
Outros deixam de beber leite de noite muito cedo, tudo vai de bebé para bebé.
O Isaac deixou de beber leite durante a noite às 6 semanas, era um bebé enorme, o pediatra achou completamente desnecessário acordá-lo para comer.
Ainda assim, ganhava 1 kg por mês, não quer dizer nada.

Espero que estas dicas sejam uma pequena ajuda para algumas mamãs.
Lembrem-se, estas foram as rotinas que eu criei, não significa que sejam as melhores, mas comigo resultaram na perfeição.
(Atualmente, com 18 meses, chegando perto da hora dele é o próprio Dilan que vai ao seu quarto e pede ó-ó)
Não custa tentarem por aí 😉

Prometo depois fazer um artigo mais específico para os bebés recém nascidos.

Vejam também as dicas para os bebés não chorarem com as vacinas AQUI.


Relacionados

6 thoughts on “Bebés que dormem 12 horas (ou mais) – DICAS”

  1. Só não percebi uma coisa…
    Dá o jantar, a seguir o banho e depois cama. E na cama (mesmo tendo quase acabado de jantar) dá leite? Ele aceita assim tão de seguida?
    Obrigada

    1. Sim, aceita, gosta sempre de beber leitinho, já o mais velho era igual! Às vezes o banho pode ser um bocadinho mais demorado com a brincadeira, mas de qualquer forma ele aceita e pede mesmo o leite, eu é que depois dou a quantidade consoante o jantar, se comeu muito bem dou menos, só mesmo um cheirinho (o miminho). Mas lá está isto depende, há bebés que não bebem antes de se deitarem, só jantam mesmo, outros acordam depois a meio da noite, há que adaptar, o meu quando deixou a mama, se eu não desse leite era um berreiro, percebi que tinha mesmo de ter o biberão antes de dormir e assim é! O mais velho, ainda hoje bebe leite antes de se deitar também, adora 😀

  2. Um assunto tão do meu interesse. Com 14meses, na cresce faz sonos de 4h seguidas e é preciso acorda-lo, em casa está sempre a acordar.
    Tambem faço isso, jantar, banho e dormir, mas é certo que não é sempre a mesma hora, e uns dias tem sono outros ainda quer brincar.
    Não sei bem o que mudar…. só adormece ao colo (em casa) durante a noite resmunga, perde a chucha, chora, bebe leite…
    Nesta altura já devia de aguentar a noite toda sem leite, mas as vezes janta às 19/20h depois já não quer leite antes de dormir.
    Isto é um assunto que tem muito que se lhe diga, e muito facil de ser criticado. Queria conseguir mudar as coisas mas não sei bem por onde começar por inesperiencia.
    Tambem ainda dorme no nosso quarto, na cama dele, já o tentei deixar sozinho e passado 2h tava a chorar, fui por varias vezes aconchegar mas 10 em 10minutos chorava e eu esperava um pouco e só depois ia, mas depois de várias vezes seguidas desisti, e voltou para o nosso quarto.

    1. Pois é Rute, são todos diferentes e é realmente um assunto bastante complexo! Assim a pessoa fica sem saber o que fazer…mas compreendo algumas medidas que tomou! A questão é que eu comecei a fazer estas rotinas tinham os meus semanas, e os especialistas do sono dizem que assim é tudo mais fácil…com 14 meses é difícil criar rotinas tão certas e com efeitos tão imediatos, mas não é impossível! Se tivesse um bebé mais pequenino mandava-lhe um documento com dicas excelentes…mas com 14 meses não vale a pena! Qualquer coisa diga, e vá tentando incluir algumas das rotinas que falei. Um beijinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *