9 Alimentos que provavelmente armazena mal

Nem todos os alimentos podem sobreviver em tupperwares! Este pequeno guia vai ajudar a armazenar adequadamente certos alimentos e, ao mesmo tempo, manter tudo fresco na sua cozinha.

1 – Maçãs

As maçãs podem ser armazenadas a temperatura ambiente, mas se quiser maior longevidade, guarde as maçãs no frigorífico, de preferência na gaveta. Deixar uma maçã a temperatura ambiente fará com que ela amadureça depois de alguns dias, mas colocá-la no frigorífico irá mantê-la crocante durante uns dias mais.

2 – Farinha

A farinha permanecerá fresca e utilizável se for colocada num recipiente de metal, vidro ou plástico hermético, em vez de deixá-la na embalagem do saco de papel da loja. A farinha leva mais tempo a se estragar quando comparada com a maioria dos alimentos, mas o processo ainda será mais rápido se não estiver protegida. Farinhas de grãos inteiros são particularmente sensíveis. Pode querer considerar armazenar farinha de grãos inteiros no frigorífico ou congelador para retardar ainda mais o processo.

3 – Fruta

Muitas pessoas armazenam frutas no frigorífico, o que é um bom processo no caso das maçãs e algumas frutas sensíveis como framboesas. Mas há outras frutas que precisam de amadurecer no balcão antes de irem para o frigorífico com outros alimentos. As frutas também não devem ser armazenadas com vegetais porque elas podem causar danos umas às outras, devido aos diferentes “gases” que emitem. Separação aqui é fundamental.

4 – Batatas

As batatas precisam ser mantidas em local seco, fresco e escuro para se manterem frescas. As batatas não devem ir para o frigorífico, já que temperaturas muito frias farão com que o amido da batata se converta em açúcar. Essa conversão fará com que as batatas fiquem excessivamente doces e com pouca cor.

5 – Cebolas

Como as batatas, as cebolas podem ser um pouco sensíveis. Eles precisam de ser armazenadas em locais secos, escuros e frios. Elas também precisam de circulação de ar razoável para se manterem frescas. Além disso, não devem ser armazenadas perto de batatas, mesmo que ambas precisem de ser armazenadas em condições similares. Cebolas e batatas trazem humidade e “gases” um no outro, o que faz com que ambas amadureçam mais rápido. A refrigeração é uma boa opção para manter as cebolas frescas. Isto também é uma boa dica para “chorarmos” menos quando as vamos cortar.

6 – Alface

Quando a alface fica estragada ela fica pegajosa, o que é um desperdício. Para evitar isto, não coloque a alface num saco plástico. A alface precisa de estar num saco perfurado, ou lavada e armazenada numa caixa hermética.

7 – Queijo

Queijos duros, como parmigiano e queijo cheddar envelhecido, precisam de armazenamento especial, e não é Tupperware hermético. Certifique-se de que os seus queijos duros estejam guardados na embalagem até que você os use. Guarde de preferência na gaveta de queijos do seu frigorífico. Pode também guardar no congelador (como mencionado AQUI) e aí duram até oito meses no congelador, mas podem ficar mais quebradiços. Depois de os encetar, coloque-os em papel alumínio ou plástico e ponha de volta no frigorífico.

8 – Tomate

Os tomates são outro alimento sensível que pode ser difícil de armazenar. Eles devem ser deixados em cima da bancada, mas longe da luz, humidade e calor. Não devem ser armazenados no frigorífico, ou sua estrutura celular vai começar a desmoronar, que é o que causa aquela textura farinhenta e mole – e o sabor também se perderá um pouco. Os tomates amadurecem à temperatura ambiente e são bons por dois a três dias, uma vez maduros. Deve, contudo, colocá-los no frigorífico até duas horas depois de os cortar.

9 – Pão

O pão pode ser armazenado na despensa, mas durará muito mais quando for armazenado no frigorífico ou congelador (também mencionado AQUI). O pão é bom para usar na torradeira diretamente do congelador, sem qualquer risco de ficar mole. 

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *