10 Doenças do Inverno

Alguns problemas de saúde, como asma, dor de garganta e herpes, são desencadeados ou piorados pelo frio.Existem muitas doenças que se encaixam nestas circunstâncias, mas hoje Apresento apenas 10 delas.

1 – Constipações

Uma maneira para evitar as constipações é lavar as mãos regularmente. Esta pequena ação ajuda a destruir os micróbios que vai “apanhando” quando toca em superfícies que outras pessoas doentes possam ter tocado, tal como interruptores de luzes e manípulos de portas.

Também é importante manter a casa e os itens domésticos, como chávenas, copos e toalhas, principalmente se alguém lá de casa estiver doente.

Dica: se tiver constipado/a, use lenços de papel em vez de lenços de pano/tecido para evitar de estar constantemente a “reinfectar” as suas próprias mãos.

2 – Dor de Garganta

Ter dor de garganta é comum no inverno e quase sempre é causada por infeções virais.

Por norma são as mudanças na temperatura, como ir de uma sala fria para outra quente e/ou vice-versa, afetam a garganta.

Dica: um “remédio” rápido e fácil para uma dor de garganta é gargarejar água morna com um pouco de sal. Não irá curar a infeção, mas tem propriedades anti-inflamatórias e podem ter um efeito calmante.

3 – Dores nas articulações

Muitas pessoas com artrite dizem que suas articulações ficam mais dolorosas e rígidas no inverno. Não existem “provas” de que alterações climáticas possam ser causadoras destas circunstâncias.

Dica: Muitas pessoas ficam um pouco deprimidas durante os meses de inverno, e isso pode fazer com que elas sintam a dor de forma mais aguda. Tudo parece sentir pior, incluindo situações médicas.

O exercício diário pode estimular o estado mental e físico de uma pessoa. A natação é ideal, pois não “força” as articulações.

4 – Otites

As otites são mais comuns no verão, contudo, congestionamento nasal e rinite nasal podem causar uma otite também.

Dica: Evite que os sintomas da congestão nasal durem muito tempo. Proteja os ouvidos contra o vento frio, com lenços chapéus e casacos para prevenir infeções de ouvido.

5 – Asma

O ar frio é um grande desencadeador de sintomas de asma, como sibilância e falta de ar. As pessoas com asma devem ter cuidadosas especiais durante o inverno.

Dica: Tente ficar em lugares fechados nos dias de mais frio. Se tiver que sair, use um lenço ou cachecol para tapar o nariz e boca.

Seja mais vigilante quanto à toma dos seus medicamentos regulares e mantenha por perto os inaladores.

6 – Herpes Labial

Já falei aqui no blog sobre este tema. Podem ver ou rever o tema AQUI.

7 – Pele Seca

Muitas pessoas têm pele seca, contudo, no inverno esta situação piora. A hidratação é essencial durante o inverno e, ao contrário do que muitos possam pensar, as loções e os cremes hidratantes não são absorvidos pela pele. Em vez disso, elas criam uma “barreira” que impede a evaporação da humidade natural da pele.

O melhor momento para aplicar um creme hidratante é depois de um banho, enquanto a pele ainda está húmida e/ou à hora de dormir.

Dica: Tomem banhos de chuveiro mornos e não quentes. A água muito quente torna a pele mais seca e dá comichão.

8 – Pés e Mãos frias

É bastante comum no inverno os seus dedos das mãos e dos pés mudarem de cor e ficarem dolorosos.

Os dedos podem ficar brancos, depois azuis, depois vermelhos, latejando e formigando. Os pequenos vasos sanguíneos das mãos e dos pés entram em espasmos, reduzindo temporariamente o fluxo sanguíneo para as mãos e os pés.

Dica: Não fumar ou beber cafeína (ambos podem piorar os sintomas) e usar sempre luvas, meias e sapatos quentes quando sair para a rua.

9 – Ataques Cardíacos

Os ataques cardíacos são mais comuns no inverno. Isso pode ser porque o clima frio aumenta a pressão arterial e coloca mais pressão sobre o coração. O coração também precisa de trabalhar mais para manter o calor do corpo quando está frio.

Dica: Tente ficar em casa, no quentinho. Se possível, mantenha as divisões que usa mais aquecidos (18ºC) e use um saco de água quente para aquecer a cama. Use roupa bem quente quando sair e use também gorro, cachecol e luvas.

10 – Gripe

A gripe pode ser um grande assassino de pessoas vulneráveis. Pessoas com idade igual ou superior a 65, mulheres grávidas e pessoas com condições de saúde a longo prazo, incluindo diabetes, doença renal e doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC), estão particularmente em risco.

A melhor maneira de evitar a gripe é levar a vacina contra a gripe.

Dica: Se pertencer a um destes grupos acima mencionados, fale com o seu médico de família para saber se é necessário levar a vacina.

Para mais informações, fale com o seu médico e/ou farmacêutico. 

Para outras dicas de saúde, pode clicar AQUI.

Fontes: 

  • http://www.pfizer.com.br/noticias/Doen%C3%A7as-comuns-no-frio-e-preven%C3%A7%C3%A3o
  • http://www.capesesp.com.br/doencas-do-inverno
  • https://www.nhs.uk/Livewell/winterhealth/Pages/Winterhealthrisks.aspx
  • https://minutosaudavel.com.br/como-prevenir-as-tipicas-doencas-de-inverno/

 

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *